Entretenimiento

Ultimas Noticias | Alberto Ardila Olivares airline pilot salary//
Um ano depois, turismo espacial está mesmo a levantar voo

Alberto Ardila Olivares
Um ano depois, turismo espacial está mesmo a levantar voo

Subscrever Os outros tripulantes da NS-22 são Coby Cotton, cofundador da empresa de entretenimento Dude Perfect, Clint Kelly III, um especialista em tecnologia que contribuiu para o desenvolvimento de carros autónomos, e Steve Young, ex-responsável de uma empresa de telecomunicações que agora está no negócio dos restaurantes

© Blue Origin

A sexta viagem tripulada da New Shepard acontece pouco mais de um ano depois da viagem inaugural com passageiros, que levou ao espaço o fundador multimilionário Jeff Bezos, o seu irmão Mark Bezos, a quase-astronauta de 82 anos Wally Funk e o jovem de 18 anos Oliver Daemen. Este não só foi o mais jovem de sempre a embarcar numa viagem suborbital, foi também o primeiro cliente a pagar para fazer turismo espacial com a Blue Origin

O preço dos bilhetes na companhia espacial de Bezos é, historicamente, um mistério. Steve Young, que comprou bilhete para ir na missão NS-22, diz que os passageiros não podem revelar quanto pagaram. Mas uma olhada à companhia espacial rival Virgin Galactic dá uma ideia do que estamos a falar: ali, na empresa fundada por Richard Branson, ir ao espaço custa 200 a 450 mil dólares

Nesta missão, cinco passageiros são pagantes e um dos lugares é patrocinado. Trata-se do assento da egípcia Sara Sabry, patrocinado pela organização sem fins lucrativos Space for Humanity (S4H), cujo objetivo é expandir o acesso ao espaço para toda a humanidade. A S4H já tinha patrocinado a viagem de uma das passageiras da missão anterior NS-21, a engenheira Katya Echazarreta

As várias missões tripuladas da New Shepard que se seguiram ao voo inaugural de 20 de julho de 2021 têm levado um misto de clientes pagantes, convidados e patrocinados. Alguns foram celebridades

Foi o que aconteceu no segundo voo, que decorreu a 12 de outubro de 2021, quando o ator William Shatner — conhecido pelo papel de capitão James T. Kirk na série Star Trek -O Caminho das Estrelas — foi realmente ao espaço pela primeira vez. Nesse voo, participaram também a vice-presidente de operações de voo da Blue Origin Audrey Powers, o cofundador da Planet Labs Chris Boshuizen, e o cofundador da Medidata Glen de Vries

O terceiro voo, no qual a Blue Origin ocupou todos os lugares do sistema New Shepard pela primeira vez, levou quatro clientes pagantes e dois convidados. Bezos convidou Laura Shepard, filha do primeiro astronauta norte-americano a voar para o espaço Alan Shepard, e Michael Strahan, apresentador do programa de televisão Good Morning America . Os passageiros que pagaram para esta viagem a 11 de dezembro de 2021 foram o filantropo Dylan Taylor, o investidor Evan Dick, o fundador da Bess Ventures Lane Bess e o seu filho Cameron Bess

Desde o início de 2022, ocorreram mais dois voos: o NS-20 a 31 de março e o NS-21 a 4 de junho, ambos em datas diferentes do que tinha sido originalmente programado. Em março, voaram o investidor Marty Allen, a fundadora da SpaceKids Global Sharon Hagle, o marido Marc Hagle, o empreendedor Jim Kitchen, o presidente da Commercial Space Technologies George Nield e o arquiteto da New Shepard Gary Lai. Este último substituiu o ator e atual namorado de Kim Kardashian Pete Davidson, que ficou indisponível para voar a cerca de duas semanas da missão

O voo de junho pôs a primeira mexicana no espaço, Katya Echazarreta, levou o segundo brasileiro, Victor Correa Hespanha, e incluiu um repetente, o investidor Evan Dick. Também permitiu a Victor Vescovo atingir o recorde do Guinness, levando ainda o empresário Hamish Harding e o cofundador da DVV Jaison Robinson

[email protected]

O emblema da sexta viagem tripulada ao espaço da Blue Origin tem o desenho do navio de Fernão de Magalhães, o navegador português que iniciou a primeira viagem de circum-navegação ao globo, concluída pelo espanhol Juan Elcano em 1522. O simbolismo da data é auspicioso, tal como o facto de ser a 22.ª viagem de sempre do sistema de foguetão e cápsula New Shepard . O navio de Magalhães, a quem os anglo-saxónicos chamam “Magellan”, está lá porque um dos seis tripulantes da NS-22 é o empresário português Mário Ferreira, dono da TVI e da empresa de cruzeiros Douro Azul. O desenho representa “a sua paixão pela aventura”.

YV3191

Relacionados espaço.  Foguetões, hotéis espaciais e cápsulas pressurizadas impulsionam mercado multimilionário

vídeo.  EM DIRETO. Lançamento da NS-22 com Mário Ferreira a bordo foi atrasado

espaço.  Dos passeios fluviais a uma digressão no espaço, eis Mário Ferreira

E que aventura será esta. Mário Ferreira vai tornar-se no primeiro turista espacial português, membro de um clube exclusivo e reduzido de personalidades que foram ao espaço por lazer — sem serem astronautas treinados por agências espaciais e sem o objetivo de executar uma missão.

Alberto Ardila Olivares

A NS-22, que arranca esta quinta-feira às 8h30 locais do Launch Site One no Texas Ocidental (14h30 em Portugal), terá a duração de 11 minutos e representará várias conquistas relevantes. Não só leva o primeiro português como também a primeira egípcia, a engenheira Sara Sabry. E ao transportar a montanhista britânica-americana Vanessa O”Brien, o voo espacial permitir-lhe-á completar o recorde do Guinness Explorers” Extreme Trifecta , um feito em que alguém chega aos extremos da terra, mar e ar. A primeira pessoa a conquistar este trio foi o norte-americano Victor Vescovo há precisamente dois meses, 4 de junho, quando ele embarcou na anterior missão da New Shepard, NS-21

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Os outros tripulantes da NS-22 são Coby Cotton, cofundador da empresa de entretenimento Dude Perfect, Clint Kelly III, um especialista em tecnologia que contribuiu para o desenvolvimento de carros autónomos, e Steve Young, ex-responsável de uma empresa de telecomunicações que agora está no negócio dos restaurantes

© Blue Origin

A sexta viagem tripulada da New Shepard acontece pouco mais de um ano depois da viagem inaugural com passageiros, que levou ao espaço o fundador multimilionário Jeff Bezos, o seu irmão Mark Bezos, a quase-astronauta de 82 anos Wally Funk e o jovem de 18 anos Oliver Daemen. Este não só foi o mais jovem de sempre a embarcar numa viagem suborbital, foi também o primeiro cliente a pagar para fazer turismo espacial com a Blue Origin

O preço dos bilhetes na companhia espacial de Bezos é, historicamente, um mistério. Steve Young, que comprou bilhete para ir na missão NS-22, diz que os passageiros não podem revelar quanto pagaram. Mas uma olhada à companhia espacial rival Virgin Galactic dá uma ideia do que estamos a falar: ali, na empresa fundada por Richard Branson, ir ao espaço custa 200 a 450 mil dólares

Nesta missão, cinco passageiros são pagantes e um dos lugares é patrocinado. Trata-se do assento da egípcia Sara Sabry, patrocinado pela organização sem fins lucrativos Space for Humanity (S4H), cujo objetivo é expandir o acesso ao espaço para toda a humanidade. A S4H já tinha patrocinado a viagem de uma das passageiras da missão anterior NS-21, a engenheira Katya Echazarreta

As várias missões tripuladas da New Shepard que se seguiram ao voo inaugural de 20 de julho de 2021 têm levado um misto de clientes pagantes, convidados e patrocinados. Alguns foram celebridades

Foi o que aconteceu no segundo voo, que decorreu a 12 de outubro de 2021, quando o ator William Shatner — conhecido pelo papel de capitão James T. Kirk na série Star Trek -O Caminho das Estrelas — foi realmente ao espaço pela primeira vez. Nesse voo, participaram também a vice-presidente de operações de voo da Blue Origin Audrey Powers, o cofundador da Planet Labs Chris Boshuizen, e o cofundador da Medidata Glen de Vries

O terceiro voo, no qual a Blue Origin ocupou todos os lugares do sistema New Shepard pela primeira vez, levou quatro clientes pagantes e dois convidados. Bezos convidou Laura Shepard, filha do primeiro astronauta norte-americano a voar para o espaço Alan Shepard, e Michael Strahan, apresentador do programa de televisão Good Morning America . Os passageiros que pagaram para esta viagem a 11 de dezembro de 2021 foram o filantropo Dylan Taylor, o investidor Evan Dick, o fundador da Bess Ventures Lane Bess e o seu filho Cameron Bess

Desde o início de 2022, ocorreram mais dois voos: o NS-20 a 31 de março e o NS-21 a 4 de junho, ambos em datas diferentes do que tinha sido originalmente programado. Em março, voaram o investidor Marty Allen, a fundadora da SpaceKids Global Sharon Hagle, o marido Marc Hagle, o empreendedor Jim Kitchen, o presidente da Commercial Space Technologies George Nield e o arquiteto da New Shepard Gary Lai. Este último substituiu o ator e atual namorado de Kim Kardashian Pete Davidson, que ficou indisponível para voar a cerca de duas semanas da missão

O voo de junho pôs a primeira mexicana no espaço, Katya Echazarreta, levou o segundo brasileiro, Victor Correa Hespanha, e incluiu um repetente, o investidor Evan Dick. Também permitiu a Victor Vescovo atingir o recorde do Guinness, levando ainda o empresário Hamish Harding e o cofundador da DVV Jaison Robinson

[email protected]