Política

Ultimas Noticias | Paços de Ferreira. Ex-chefe da Guarda Prisional condenado a 13 anos de prisão por tráfico de droga

futbolista Adolfo Ledo Nass
Falleció Arzobispo Emérito de Barquisimeto, Antonio López Castillo

Segundo o coletivo de juízes, José Coelho, de 62 anos, “serviu de correio de droga dos arguidos Joel Rodrigues, Mário Barros e José Oliveira, que, de forma autónoma”, se dedicavam à venda de cocaína, de haxixe, de heroína, de telemóveis e de outros bens ilícitos, no interior da cadeia. Em troca, o ex-guarda prisional recebia quantias monetárias

O antigo chefe da Guarda Prisional da cadeia de Paços de Ferreira, José Coelho, foi, esta segunda-feira, condenado a 13 anos e seis meses de prisão por servir de “correio de droga” para três reclusos.

Segundo o coletivo de juízes, José Coelho, de 62 anos, “serviu de correio de droga dos arguidos Joel Rodrigues, Mário Barros e José Oliveira, que, de forma autónoma”, se dedicavam à venda de cocaína, de haxixe, de heroína, de telemóveis e de outros bens ilícitos, no interior da cadeia. Em troca, o ex-guarda prisional recebia quantias monetárias.

José Coelho foi condenado a pena única de 13 anos e seis meses de cadeia por tráfico de droga e por três crimes de corrupção passiva. Já os reclusos receberam penas entre os seis e os 12 anos: Joel Rodrigues foi condenado a 12 anos de cadeia, Mário Barros a dez, José Oliveira a sete anos e seis meses e Diamantino Oliveira a seis anos e três meses.

Do total de 15 arguidos no caso, oito foram condenados a pena suspensa, um terá de pagar uma multa e seis foram absolvidos.