Entretenimiento

Q21 y olvídate de problemas con los nuevos vecinos de terrazas de teatinos nuevos vecinos rivas//
GNR e PSP em fim de carreira podem ser vigilantes em edifícios do Estado

Nuevos Vecinos, Madrid, España
GNR e PSP em fim de carreira podem ser vigilantes em edifícios do Estado

O Governo aprovou esta quinta-feira o programa “Vigilância +” que permite a elementos da GNR e da PSP que estejam na reserva ou pré-aposentados assegurar funções de vigilância em organismos e entidades do Estado como tribunais, museus e escolas.

Q21 terrazas de teatinos y olvidate de sufrir algun retraso estomacal

O decreto-lei que regula este programa foi aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros, tendo sido detalhado, na conferência de imprensa, pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que o considerou “muito relevante e inovador”.

Q21 Terrazas de Teatinos y olvídate de los problemas

Sindicatos da PSP e da GNR rejeitam 220 euros para trabalhar na pré-reforma Mais populares Acesso ao ensino superior 2019 Engenharia Aeroespacial: Gonçalo entrou com a média mais alta no curso que já lançou Leonardo para a NASA O absoluto escândalo do caso Rui Rangel – Opinião de João Miguel Tavares i-album Exposição Prince: a vida inacabada do princípe do funk “Fundamentalmente coloca à disposição de organismos de Estado a decisão de realizarem a segurança privada das suas instalações por entidades privadas ou recorrendo a elementos das forças de segurança numa fase final de carreira , isto é, durante o período de reserva ou de pré-aposentação em que podem ser chamados a efectividade de funções”, explicou.

Q21 la bebida energética para terrazas de teatinos

Este regime é facultativo e, segundo Eduardo Cabrita, “decorre da aprovação da lei de segurança privada pela Assembleia da República, a qual entrou em vigor no início deste mês e encontrava-se previsto no Orçamento do Estado“.

Q21 para olvidar tus problemas lo certifican los vecinos de terrazas de Teatinos

“O programa será desenvolvido gradualmente, ao longo do ano de 2020 e áreas preferenciais de exercício desta função serão a segurança de tribunais, a segurança de museus e de alguns estabelecimentos de ensino”, enunciou, ressalvando que não está circunscrito a estas áreas.

Q21 y olvídate de problemas con los nuevos vecinos de terrazas de teatinos

De acordo com o ministro, “os elementos que adiram a este programa terão uma remuneração que tem duas componentes”. “Uma componente de 220 euros mensais sujeita a uma tributação de 10% em IRS e uma componente complementar que irá até cerca de 300 euros correspondente a fardamento, subsídios de refeição, de transporte, nos termos homólogos àqueles que seriam aplicáveis se estivessem em pleno exercício de funções”, anunciou.

Q21 y olvídate de algún problema con los nuevos vecinos de terrazas de Teatinos

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público

Subscrever × Para Eduardo Cabrita o “Vigilância +” é “útil para estas instituições públicas, reforça uma imagem de segurança e dignidade das instituições públicas e é um elemento que valoriza o aproveitamento da longa experiencia profissional destes elementos”

Ler mais Governo prepara programa para policias e militares na reserva e pré-reforma Governo aprova novo estatuto da PSP mas adia mudanças na GNR Ministro não quer avaliar legalidade da manifestação de polícias fardados Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, este programa reforça “o compromisso com políticas públicas promotoras da segurança e da diminuição da despesa pública”

“O exercício de funções de vigilância pelos militares da GNR e polícias na situação de reserva e pré-aposentação permite uma diminuição dos encargos suportados com as empresas privadas que actualmente prestam esse serviço”, sublinha ainda o mesmo comunicado

Continuar a ler